Loading...

domingo, 23 de agosto de 2015

Correr por uma boa causa: Corrida Contra o Câncer Infantil


Dia: 30 agosto
Percurso: 5Km e 10 Km
Inscrições: Presencial na casa Durval Paiva, na Rua Clementino Câmara, no final da Av. Jaguarari
Inscrições 27 reais e o participantes recebe dois Mac Dia feliz
Aqui é correr e ajudar  as crianças com câncer

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Sete exercícios para melhorar o pace

Pace é o tempo que você leva para percorrer 1 km. Por isso, o objetivo de controlá-lo tem em vista a economia de energia para conseguir completar bem uma prova. Sabendo qual o pace ideal para a sua corrida, você tem mais chance de obter sucesso na competição e pode completar o percurso sem o risco de “quebrar” no meio do trajeto. É o pace que norteia seus treinos, sendo um parâmetro eficaz para acompanhar a sua evolução.
Mas, certas vezes, por mais que você treine, é difícil melhorar o pace e ser mais veloz na corrida de rua. E é aí que os exercícios de aprimoramento muscular entram na planilha de treinamento, preferencialmente nos dias em que você não corre, de duas a três vezes na semana, e em dias alternados, respeitando o seu descanso.
Esses exercícios de aprimoramento muscular permitem melhorar o pace, já que durante a corrida há a predominância do uso dos quadríceps, isquiotibiais, glúteos, gastrocnêmico e estabilizadores do core (centro de força do corpo). Assim, com o fortalecimento dessas regiões você melhora a mecânica da passada, gasta menos energia e, consequentemente, melhora o ritmo das passadas.

Inclua os sete exercícios a seguir na sua rotina de treinamento e para melhorar o pace.
1. Agachamento
1. AgachamentoTrabalha os músculos do quadríceps, responsáveis por absorver o impacto ao final da fase aérea da corrida e durante toda a tração do corpo à frente durante a passada, e o glúteo máximo, que faz a extensão do quadril projetando o corpo à frente.
Com os pés afastados na largura dos ombros, flexione o quadril, projetando-o para trás, de forma que seu corpo desça sem que seus joelhos ultrapassem as pontas dos pés. Volte à posição inicial, estendendo os joelhos e empurrando o chão para baixo. A amplitude do movimento varia de acordo com o seu condicionamento físico. Quanto maior a amplitude, maior o desenvolvimento da força.
2. Afundo
Trabalha os músculos do quadríceps e o glúteo máximo. Por ser realizado de forma unilateral, ainda promove maior equilíbrio da força entre as duas pernas.
2. Afundo
Com os pés afastados e uma perna atrás, flexione o quadril da perna que está à frente, projetando o seu corpo em linha reta para baixo. Para voltar à posição inicial, use a perna da frente para empurrar o chão, deslocando seu corpo para cima. Cuidado para que seus joelhos não ultrapassem a ponta dos seus pés.


3. Stiff Unilateral (Avião)
3. Stiff Unilateral (Avião)Trabalha os músculos isquiotibiais, responsáveis pela extensão do quadril e por projetar o corpo à frente durante a corrida de rua. Quando realizado de forma unilateral, promove maior estabilização do tornozelo e aciona dos músculos do core, responsáveis por manter o tronco ereto durante a corrida.
Com os pés afastados na largura dos ombros, faça a extensão do quadril de forma unilateral, sendo a perna do solo a responsável por projetar seu tronco para frente. Mantenha o alinhamento entre sua perna que está em fase área e o restante do seu tronco. Os braços abertos (como um avião) ajudam no equilíbrio. Para retornar à posição inicial, contraia o glúteo. Este exercício pode ser feito com ou sem sobrecarga, de acordo com o seu nível de condicionamento físico.
4. Salto no Caixote
4. Salto no CaixoteA corrida nada mais é que uma sucessão de saltos. Por isso, com esse exercício de pliometria é possível usar a força em movimentos fortes e explosivos, o que potencializa a velocidade e técnica da corrida.
Este exercício pode ser feito em qualquer superfície estável e mais alta daquela aonde você se encontra (como um step, um caixote ou até mesmo uma escada). A altura do salto varia de acordo com o seu nível de condicionamento. Para realizar o movimento, fique à frente do caixote com os pés afastados na largura dos ombros. Em seguida, salte para subir na caixa e retorne à posição inicial, como se estivesse descendo uma escada de costas. Alterne a perna que volta primeiro ao chão a cada salto.
5. Tibial Anterior com Elástico
5. Tibial Anterior com ElásticoOs músculos tibiais são responsáveis por fazer a flexão plantar no momento de contato do calcanhar com o solo, o que ajuda na distribuição do impacto no final da fase área da corrida. Com os tibiais fortes, você ainda evita as famigeradas  canelites, fortes dores na canela que podem tirá-lo das corridas por várias semanas.
Sentado em um colchonete, prenda uma ponta do elástico em seu pé e a outra em uma base fixa. Com a perna estendida, puxe a ponta do pé para trás e volte à posição inicial devagar, até que a ponta do pé fique posicionada à frente novamente.
6. Gêmeos na Hack Machine
6. Gêmeos na Hack MachineImportantíssimos na saída do pé do chão durante a corrida, os músculos da panturrilha impulsionam seu corpo para frente quando você empurra o chão para trás.
Na Hack Machine, coloque um step um pouco à frente da linha onde desce a barra da máquina e posicione a barra nos ombros. Com os dedos dos pés apoiados no step, faça uma flexão plantar, erguendo o corpo, e volte devagar à posição inicial.
7. Prancha
7.  PranchaTrabalha os músculos do core (estabilizadores da cintura pélvica e da coluna), o que melhora a estabilidade do corpo e a absorção de impacto da coluna durante a corrida.
De barriga para baixo, apoie as mãos, os cotovelos (alinhados com os ombros) e os pés no solo, mantendo seu corpo alinhado. Realize a contração do abdômen e segure a posição por cerca de 30 segundos. Não se esqueça de manter a respiração normal durante o exercício.

 f: 02porminuto.

Mecão Night Run inicia 2º lote de inscrições





Mecão Night Run

sábado, 17 de Outubro de 2015, 17:00 h - 21:00 h
Praça Civica - Avenida Prudente de Morais - Petrópolis,
Pela primeira vez na história do Rio Grande do Norte, a corrida noturna do maior time do futebol potiguar, Mecão Night RUN, a Corrida do Centenário!

Um show de luzes e som. Um evento voltado para toda família, atletas, amantes da corrida e do futebol.
Organização, qualidade, conforto, segurança, apoio médico e um kit de corrida para todos os atletas.
Faça já sua inscrição e garanta sua camisa especial e medalha comemorativa do centenário. Largada na praça cívica, às 19 horas,no dia 17 de outubro.
http://www.mecaonightrun.com/

Corrida ajuda a melhorar seu raciocínio

Quer manter seu cérebro trabalhando bem mesmo depois dos 40 anos? De acordo com uma nova pesquisa da Universidade do Texas – publicada no jornal científico Medicine & Science in Sports & Exercise –, é necessário correr!
O estudo aponta que exercícios de longa duração ajudam a trabalhar o sistema cognitivo mesmo durante o envelhecimento. Para chegar a esta conclusão, os cientistas utilizaram 59 adultos, com idades entre 43 e 65 anos, divididos em dois grupos: 32 pessoas em ‘endurance’ (que faziam atividades de longa duração) e 27 indivíduos em ‘sedentários’. O grupo fisicamente ativo dedicava, em média, sete horas de sua semana para os treinos, enquanto os sedentários passavam menos de uma hora.

Todos os participantes tiveram que fazer testes na esteira para medir a capacidade cardiorrespiratória, ultrassom para verificar a velocidade da fluidez sanguínea e uma série de exercícios cognitivos de memória e atenção.
Em geral, o grupo ‘endurance’ foi melhor nos testes de memória e cognitivo – além, é claro, de terem uma saúde cardiovascular mais desenvolvida. Isso, aliás, é a relação entre a boa forma física e a melhor capacidade de raciocínio, segundo os especialistas. Ou seja, o sangue chega com mais facilidade ao cérebro, fazendo-o trabalhar melhor.
O estudo conclui que a atividade aeróbica habitual melhora a saúde cardiovascular e, como efeito, traduz em uma performance cognitiva aperfeiçoada.
A maioria dos participantes da pesquisa eram corredores, mas Martha Pyron, coautora do estudo, acredita que os resultados se aplicam a outras formas de exercício aeróbico, como a natação e o ciclismo.

www.suacorrida.com

sábado, 15 de agosto de 2015

Inscrições para 21ª Corrida Soldados do Fogo continuam abertas

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) promoverá a 21ª edição da Corrida Soldados do Fogo, no próximo dia 12 de setembro, como parte das comemorações do dia Nacional dos Corpos de Bombeiros do Brasil. A concentração está marcada para às 15h, no Quartel do Comando Geral do CBMRN, situado na Avenida Prudente de Morais, nº 2410, Barro Vermelho, em Natal/RN.
Corrida ocorrerá no dia 12 de setembro 
Corrida ocorrerá no dia 12 de setembro

A Corrida Soldados do Fogo tem o objetivo de divulgar a instituição Bombeiro Militar no panorama esportivo e integrar a sociedade e a corporação em um cenário de intercâmbio social. A corrida de rua atualmente é o esporte que mais cresce no país e a cada ano que passa novos adeptos procuram mais locais para a prática da corrida, conhecer novos lugares e romper desafios.

Para os interessados, as inscrições continuam abertas no sitewww.corridasoldadosdofogo.com.br até o dia 09 de setembro ou em data anterior a esta, caso seja atingido o limite técnico de 1.500 (um mil e quinhentos) participantes. Para os Bombeiros Militares do RN e portadores de necessidades especiais (PNE), a taxa de inscrição é gratuita. Para os corredores com idade igual ou superior a 60 anos a taxa terá desconto de 50%.

A prova contará com percursos de 10 km e 5 km, divididas em masculino, feminino, portadores de necessidades especiais e bombeiro militar do RN. Serão premiados com uma quantia em dinheiro os cinco primeiros colocados nas categorias de 10 km (feminino, masculino e Bombeiro Militar). Além disso, todos os participantes receberão medalha e todas as categorias serão premiadas com troféu, inclusive as faixas etárias. Os participantes regularmente enquadrado na categoria de PNE, que completar a prova na colocação entre 1º e 3º lugar, receberá além da medalha de participação, um troféu.

Entre os patrocinadores que já confirmaram a parceria estão: Cyrela Plano & Plano, Potigás, Caern, Seturn, NatalCard, Fiern, Fecomércio (Sesc), Brasilgás, Uni-RN, CDA Distribuidora, Unimed Natal, Academia Flex Fitness, Prefeitura de Parnamirim, Midway Mall e Três Corações (Café Santa Clara). A Corrida Soldados do Fogo ainda conta com o apoio da Policia Militar e Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal. A realização é do Corpo de Bombeiros, Governo do Estado do RN e do Clube dos Oficiais da Polícia Militar. A coordenação da prova é da HC Esportes.
 
fonte: tribuna do norte

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

As piores lesões para um corredor





Ter uma lesão quando os treinos estão indo bem e você está alcançando um bom condicionamento, ou quando você está perto do tempo ideal: essas são algumas das situações mais frustrantes para os apaixonados por corrida. A quebra da rotina e da continuidade de treinos compromete seu ritmo e até o desempenho futuro, mesmo após superar a lesão. Vamos conferir algumas das principais lesões que acometem os corredores:
A tendinite patelar é uma síndrome desencadeada pelo excesso de uso do joelho, aliada à fraqueza da musculatura e falta de alongamento. Causa dores na região acima da patela e pode ser evitada com a inclusão e realização de atividades que tenham menor impacto ao joelho, fortalecendo e equilibrando a musculatura.
As lesões musculares são as lesões mais famosas, visto que praticantes de quaisquer esportes podem sofrer com elas. Ligadas a fatores internos e externos, elas podem ser causadas por diversos motivos. A principal forma de se prevenir é caprichar no alongamento, aquecimento e evitar repetir muitas vezes treinos que te levem à exaustão.
As fraturas por stress no estágio inicial do quadro, o corredor irá apresentar fraturas microscópicas em locais como a canela, nos ossos dos pés e no quadril, causando dores e incômodos na região, impossibilitando a corrida.
A fascite plantar é uma dor no calcanhar, causada pela inflamação de um tecido chamado fáscia plantar. Ela acontece quando há muita tensão ou uso excessivo do tecido, dificultando até mesmo o caminhar do atleta.
Fatores genéticos e sobrepeso podem causar a condromalácia patelar, dores na parte frontal do joelho, como agulhadas e pressões. 
A síndrome da banda íliotibial é causada pela tensão ou inflamação da banda íliotibial, uma faixa de tecido que se estende ao longo da lateral externa da coxa, podendo provocar dor na parte externa do joelho.
A síndrome compartimental é uma doença muscular e nervosa induzida por exercícios que exigem movimentos repetitivos, causando dor e inchaço nos músculos. A inflamação do púbis é outro risco para os corredores, causada, principalmente, pelo desequilíbrio muscular, em que um músculo sobrecarrega outro, comprometendo a continuidade do exercício.
A canelite também é um grande terror para os apaixonados por corrida. A inflamação dos tecidos que envolvem o osso pode ocorrer pela falta de fortalecimento muscular da região. A bursite trocanteriana é uma inflamação na lateral do quadril, no osso da coxa, causando dores principalmente quando a região é pressionada.

f: centauro

domingo, 9 de agosto de 2015

Corrida e Caminhada da APAE - Mossoró





DIA: 29 de Agosto
PERCURSO:  5km corrida  e 2 km de caminhada. 
LOCAL: Memorial da Resistência de Mossoró
HORÁRIO: 17 h
Valor das inscrições. 10,00 reais e 2 kg de alimentos.
Inscrição:  84 98841 4555 / 98716 5350
Troféu e medalha do 1º ao 5º lugar na categoria geral e master.
Medalhas para todos atletas inscritos.


sexta-feira, 7 de agosto de 2015

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Corrida de São Vicente - RN






Corrida São Vicente Ferrer

Dia: 22 de Agosto
Informação:  Coordenador de Esportes, Raul Oliveira (Prefeitura Municipal) 
e telefone 84 3436 0226



.